sexta-feira, outubro 26, 2007

Reversus

















Pousar o dizer no leito
Cultivar um bosque na córnea do texto
De súbito o olhar incendeia e o que deseja
É esta candeia que bordeja a cercadura do verbo



16 Comments:

Blogger mixtu said...

a cercadura do verbo...
e o que deseja...

abrazo europeo

27 outubro, 2007 21:58  
Blogger Bandida said...

as tuas palavras que desenham verbos. no absoluto de ti.



beijo


B.

28 outubro, 2007 12:07  
Blogger lampâda mervelha said...

Foi como vinho,

ao saborear este trago.

28 outubro, 2007 22:39  
Blogger Letras de Babel said...

E o sonho assim se descreve.

[li eu assim...]




Bjs

29 outubro, 2007 02:25  
Blogger Entre linhas... said...

E no trago descreve-se o sonho que há em ti.
Bm início de semana
Bjs Zita

29 outubro, 2007 12:45  
Blogger O Profeta said...

A musicalidade das tuas palavras é estantosa...Flores que despontam do verbo...


Doce beijo

29 outubro, 2007 17:01  
Blogger SentidoS said...

Perfeito. São nos ditos de uma margem que se enrolam ondas em verso, na cercania da letra, nos limbos tecidos de um profundo verbo...

Beijo Sentido

29 outubro, 2007 19:25  
Blogger Mar Arável said...

Nas cabeleiras do lume

arde sempre uma palavra de sonho

29 outubro, 2007 21:58  
Anonymous Passo said...

belas palavras, belo desejo, q ilumine todos os teus caminhos :) beijo doce

30 outubro, 2007 14:34  
Blogger MiguelGomes said...

Belo... Texto... Leito... Belo...

31 outubro, 2007 18:34  
Blogger MIGUEL BARROSO aka Girassol said...

feérico

01 novembro, 2007 19:01  
Blogger Ás de Copas said...

Intermitências de sentir...
Um beijo

02 novembro, 2007 10:13  
Blogger O Profeta said...

Uma cartola de papel
Guarda o sortilégio, a emoção
Um passo de mágica ao acaso
Às vezes solta luz ao coração

Mágico fim de semana


Doce beijo

02 novembro, 2007 12:39  
Blogger un dress said...

assombrar a luZ...




~

05 novembro, 2007 22:54  
Blogger Estranha pessoa esta said...

Verbos a puxar para os artigos indefinidos

25 novembro, 2007 06:03  
Blogger Tiago said...

..do verbo no Conjunt(iv)o imperfeito.
É o que deixo, um beijo

06 abril, 2008 19:22  

Enviar um comentário

<< Home